sábado, 8 de janeiro de 2011

RECURSOS NATURAIS

Os recursos naturais, como as plantas, o solo, a água, o ar, as rochas, e os minerais são utilizados por todos os seres vivos. Destes recursos naturais, alguns são renováveis, outros não. A palavra recurso significa algo a que se possa recorrer para a obtenção de alguma coisa.
O homem recorre aos recursos naturais, isto é, aqueles que estão na Natureza, para satisfazer suas necessidades.
No Ecossistema Planeta-Terra há uma troca constante de recursos naturais entre os seres vivos.
Os recursos naturais, após seu uso, podem ser renováveis, isto é, voltarem a ser disponíveis, ou não renováveis, isto é, nunca mais ficarem disponíveis.
A flora (vegetais) e a fauna (animais) são exemplos de recursos naturais renováveis: uma planta ou animal podem ser reproduzidos ,"teoricamente", de forma infinita, a partir de seus "pais".
Os minerais, como por exemplo, o minério de ferro, estão classificados de recursos naturais não renováveis, outro exemplo é o petróleo e, se são não renováveis é porque, após seu uso, um dia, irão se esgotar no Planeta.


As pedras retiradas de uma pedreira não poderão ser repostas

A espécie humana é a que mais produz lixo. Esse lixo é dos mais variados tipos: os tóxicos, como as embalagens dos agrotóxicos; os contaminados de hospitais e os radioativos das usinas nucleares; os dejetos orgânicos, como a urina e as fezes; os restos em qualquer lugar estão usando o planeta terra como latões de lixo, e interferindo no delicado equilíbrio da natureza.
Para que esse equilíbrio não corra risco de ser alterado, é preciso tratar o lixo antes de devolvê-lo para o ambiente, ou seja, deixá-lo livre dos micróbios nocivos ou de substancias venenosas que podem afetar a vida na Terra.
Uma forma inteligente de cuidar dos nossos recursos naturais é fazer uso da reciclagem.
Isso significa que muitos materiais como os vidros, os metais, os plásticos, os papéis podem voltar às fábricas para serem reciclados e reutilizados.
Quando reciclamos papéis estamos deixando de cortar árvores, poupando água e energia elétrica.

Os vegetais como recurso natural 

Os vegetais podem ser encontrados em quase todos os locais terrestres.
Somente no cume das altas montanhas e nas profundezas do mar eles não estão presentes.
Não é possível encontrarmos todas as espécies de vegetais numa só região. Isso depende do espaço geográfico, do clima, do tipo de solo. Certos vegetais possuem características que lhes permitem melhor adaptação em cada local.

Você conhece algumas dessas plantas?

                                        
musgo
  samambaia

             
                                                            
Existem vários tipos de plantas, e cada uma delas se adapta melhor a um lugar, umas se desenvolvem em lugares secos, e outras em lugares frios.
Algumas precisam de muito Sol; outras, de sombra e assim por diante.
As avencas e as samambaias são plantas encontradas entre as árvores, em lugares úmidos e com pouca iluminação.
Mas pode ser que na sua casa haja um vaso com essas plantas, pois elas Samambaia são muito bonitas e usadas como enfeite.
Esse tipo de planta não apresenta flores.
Nos lugares úmidos e pouco iluminados, como os muros ou mesmo o solo, podemos encontrar ainda outra espécie de vegetal que forma uma cobertura verde, como se fosse um tapete.
São os musgos, plantas muito pequenas.
Certas plantas, à medida que vão crescendo, agarram-se a tudo o que encontram. Conseguem isso, porque possuem uns fios que se enrolam, denominados gavinhas. Você consegue observar isso na planta do maracujá, do chuchu, na parreira, e na salsaparrilha.


 
A foto ao acima é de uma planta chamada vitória-régia.
Ela é encontrada na região Amazônica.
A flor da vitória-régia é muito bonita e apreciada por muitas pessoas que visitam a região.
Existem muitas espécies de plantas aquáticas.
Todas estão adaptadas para viver dentro da água e não sobrevivem fora dela.

Um comentário: